30 de maio de 2020

buscar

Ambev

| kit do investidor

| avalie o website

Dê sua opinião sobre o nosso website clique aqui

Nosso relacionamento com os investidores e com o mercado é baseado na transparência. Atendemos a todas as exigências legais e regulamentares que se aplicam às companhias abertas com valores mobiliários negociados no Brasil e no exterior.

A estrutura de Governança da Ambev é integrada pelo Conselho de Administração, pela Diretoria Executiva e pelo Conselho Fiscal. O Conselho de Administração conta com o suporte do Comitê de Operações, Finanças e Remuneração e do Comitê de Partes Relacionadas e Condutas Concorrenciais.

Nosso Formulário de Referência, arquivado na CVM conforme Legislação Societária Brasileira, contém informações complementares a respeito da Administração, como por exemplo: qualificação e remuneração.

Conselho de Administração

O Conselho de Administração supervisiona os diretores da Ambev. O Conselho de Administração é atualmente composto de onze membros efetivos e dois suplentes que determinam o direcionamento geral estratégico da Ambev. Os conselheiros são eleitos nas assembleias gerais para um mandato de três anos, sendo permitida a reeleição. A administração do dia-a-dia da Companhia fica a cargo de sua diretoria executiva, atualmente composta de onze diretores. Cabe ao Conselho de Administração nomear os diretores executivos, que permanecerão em seus cargos por três anos, sendo permitida a reeleição.

Os conselheiros respondem pela nomeação dos diretores executivos e garantem que valores, ética e cultura da empresa sejam praticados e disseminados entre os colaboradores. Os membros do Conselho utilizam seu amplo conhecimento de negócios para garantir que a Ambev atinja seus objetivos de longo prazo e mantenha sua competitividade no curto prazo. Mais do que isso, o Conselho de Administração garante que a Ambev persiga seus objetivos comerciais de curto prazo sem comprometer seu crescimento de longo prazo, assegurando ao mesmo tempo em que os valores corporativos da Ambev sejam praticados e disseminados.

Para garantir maior independência e autonomia entre os principais órgãos de Governança, nenhum conselheiro exerce cargo executivo na Companhia, embora todos sejam acionistas. Os cargos de Co-Presidentes do Conselho de Administração e de Diretor Geral são separados, sendo ocupados por pessoas distintas.

Visando aprimorar-se de forma constante, o Conselho avalia sua atuação e procedimentos internos continuamente. O Conselho de Administração e a Diretoria são avaliados anualmente com base em metas de resultado associadas ao desempenho da Companhia, sendo tal avaliação utilizada para verificação de seu direito à remuneração variável.

Conheça os membros do Conselho de Administração:

Nome Cargo Término do Mandato(1)
Victório Carlos De Marchi Co-Presidente e Conselheiro 2023
Carlos Alves de Brito Co-Presidente e Conselheiro 2023
Milton Seligman Membro do Conselho 2023
Roberto Moses Thompson Motta Membro do Conselho 2023
José Heitor Attilio Gracioso Membro do Conselho 2023
Vicente Falconi Campos Membro do Conselho 2023
Luis Felipe Pedreira Dutra Leite Membro do Conselho 2023
Cecília Sicupira Membro do Conselho 2023
Nelson José Jamel Membro do Conselho 2023
Antonio Carlos Augusto Ribeiro Bonchristiano Membro do Conselho
(Independente)
2023
Marcos de Barros Lisboa Membro do Conselho
(Independente)
2023
Michel Dimitrios Doukeris Membro do Conselho
(Suplente)
2023
Carlos Eduardo Klutzenschell Membro do Conselho
(Suplente)
2023

(1) Assembléia Geral Ordinária a ser realizada em 2023.

Topo

Conselho Fiscal

As responsabilidades do Conselho Fiscal compreendem a fiscalização da Administração, realização de análises e emissão de pareceres relativos às demonstrações contábeis da Ambev, e desempenho de outras atribuições de acordo com a legislação societária brasileira e seu Estatuto Social. Nenhum dos membros do Conselho Fiscal acumula o cargo de membro do Conselho de Administração ou de qualquer Comitê do Conselho de Administração. Os membros são eleitos nas Assembleias Gerais de acionistas e o mandato dura um ano, com direito à reeleição. Um membro titular e um suplente do Conselho Fiscal são eleitos pelos acionistas minoritários nos termos da lei.

Além disso, contamos com a isenção prevista na Norma 10A-3(c)(3) da Lei Sarbanes-Oxley de 2002 dos EUA, que nos permite manter o Conselho Fiscal executando as funções de um comitê de auditoria para fins da referida lei, até a extensão permitida pela legislação brasileira. Não acreditamos que o amparo nessa isenção terá um efeito adverso relevante sobre a capacidade de nosso Conselho Fiscal atuar de forma independente e atendermos os demais requisitos da referida lei.

Nome Cargo Término do Mandato(1)
José Ronaldo Vilela Rezende Efetivo 2021
Elidie Palma Bifano Efetivo 2021
Vinicius Balbino Bouhid Efetivo 2021
Emanuel Sotelino Schifferle Suplente 2021
Eduardo Rogatto Luque Suplente 2021
Carlos Tersandro Fonseca Adeodato Suplente 2021

(1) Assembléia Geral Ordinária a ser realizada em 2021.

Topo

Comitê de Operações, Finanças e Remuneração

O Comitê de Operações, Finanças e Remuneração da Companhia é o principal elo entre as políticas e decisões tomadas pelo Conselho de Administração e os administradores da Companhia. As responsabilidades do Comitê de Operações, Finanças e Remuneração são:

  • acompanhar o planejamento trienal da Companhia;
  • opinar sobre as decisões do Conselho de Administração a respeito da definição da política de remuneração para administradores e funcionários de alta performance da Companhia, inclusive seus pacotes individuais de remuneração, de forma a garantir alinhamento de interesses entre acionistas e beneficiários dos pacotes de remuneração, e que estes tenham remuneração e incentivos adequados para alcançarem desempenho excepcional;
  • acompanhar a evolução dos passivos atuariais da Companhia e investimentos em planos de pensão;
  • opinar acerca de estudo técnico de viabilidade preparado pela diretoria relativo à expectativa de geração de lucros tributáveis futuros, trazidos a valor presente, que permitam a realização do ativo fiscal diferido;
  • acompanhar a estratégia de relações com investidores e a evolução do rating da Companhia pelas agências de classificação de risco;
  • acompanhar a avaliação dos membros da diretoria, principais executivos e talentos, além dos respectivos planos de sucessão;
  • opinar sobre o planejamento anual de investimentos (capex) da Companhia;
  • opinar sobre propostas da diretoria referentes a oportunidades de reestruturaçõessocietárias, fusões,aquisições, cisões, incorporações ou alienações de participações societárias envolvendo a Companhia;
  • acompanhar a evolução da estrutura de capital e do fluxo de caixa da Companhia, e opinar sobre a estratégia de remuneração dos acionistas da Companhia; e
  • verificar o cumprimento da política de gestão de riscos financeiros da Companhia.

Os atuais membros do Comitê são:

  • Victório Carlos De Marchi (Presidente)
  • Luis Felipe Pedreira Dutra Leite
  • Roberto Moses Thompson Motta

No decorrer do ano, o Comitê de Operações e Finanças realiza no mínimo quatro reuniões. Os membros do Comitê são eleitos pelo Conselho de Administração.

Topo

Comitê de Partes Relacionadas e Condutas Concorrenciais

As responsabilidades do Comitê de Partes Relacionadas e Condutas Concorrenciais são assessorar o Conselho de Administração nas seguintes matérias:

  • Situações de conflito de interesses em geral, entre a Companhia e partes relacionadas;

  • Cumprimento, por parte da Companhia, com as disposições legais, regulatórias e estatutárias referentes a operações com partes relacionadas;
  • Cumprimento, pela Companhia, das disposições legais, regulatórias e estatutárias atinentes a condutas concorrenciais; e
  • Demais matérias que o Conselho de Administração venha a considerar relevantes e de interesse da Companhia.

Os atuais membros do Comitê de Compliance Concorrencial e de Partes Relacionadas são:

  • Victório Carlos De Marchi (Presidente)
  • José Heitor Attilio Gracioso
  • Carlos Emmanuel Joppert Ragazzo
  • Everardo de Almeida Maciel
  • Marcos de Barros Lisboa

Topo

Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva é integrada pelo Diretor Geral e por 11 diretores, com mandato de três anos e possibilidade de reeleição. São profissionais experientes, conhecedores do mercado de atuação da companhia e que estão, em média, há dez anos na empresa. A responsabilidade da Diretoria Executiva é gerir os negócios da Ambev e apresentar propostas de planejamento de médio e longo prazos ao Conselho de Administração.

Clique nos nomes para conhecer melhor nossa Diretoria Executiva.

AMBEV - Todos os direitos reservados